Pilates é para todos

Tempo de leitura: 2 minutos

Joseph Humbertus Pilates (criador do método) foi uma criança doente que sofria de asma, febre reumática e raquitismo. Sua determinação para se tornar fisicamente mais forte desde sua infância o levou a estudar e praticar várias formas de movimentos durante toda sua vida, movimentos esses que se basearam em fortalecimento e alongamento. Essa determinação traçou seu caminho para sair do seu antigo estado atual e focar no seu estado desejado, além de ter ajudado na criação do Pilates (contrologia).

“SE UM INDIVÍDUO TEM 20 ANOS E ESTÁ ENCURTADO, É UM VELHO. PORÉM, SE TEM 60 ANOS E TEM FLEXIBILIDADE E FORÇA, É UM JOVEM”.

Joseph Humbertus Pilates

download (1)

Pilates para quem e por quê?

O Pilates pode ser empregado tanto para promoção da saúde física, quanto para a mental, visando benefícios estéticos e bem-estar  para pessoas de todas as faixas etárias ou àquelas com necessidades especiais.

Atualmente no Brasil, o método Pilates (contrologia) está muito voltado para a estética, pois proporciona corpos mais delineados e fortes, mas não podemos esquecer que ele foi criado com o objetivo de reabilitar e cuidar de pessoas que tinham problemas de saúde e buscavam qualidade de vida.

O método pode ser praticado pelos mais diferentes grupos, desde o atleta ao sedentário, do idoso ao pré-adolescente, das grávidas aos pacientes em reabilitação, além de ser recomendado para condicionamento e prevenção de lesões. Enfim, qualquer pessoa entre 10 e 100 anos e que se encontre em qualquer nível de condicionamento físico pode praticar o Pilates (contrologia), desde que sejam respeitadas as diferenças e limitações de cada indivíduo. As aulas são desenvolvidas a partir de uma avaliação postural e podem ser ministradas individualmente ou em pequenos grupos, lembrando sempre da importância de respeitar as necessidades e limitações de cada um.

Fico muito feliz em presenciar as pessoas se conscientizando que a prática de exercícios físicos, antes de qualquer coisa, é sinônimo de qualidade de vida e a estética é apenas uma consequência, porém não menos importante.

Acompanhe os posts para saber mais sobre o Pilates e como ele pode transformar a saúde e sua vida!

Abraços,

Karine.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *